terça-feira, 18 de maio de 2010

Há coisas na vida que não se conseguem dizer, sobretudo, se nunca foram ouvidas.

Uma criança diz «obrigado» por algo. Em situações inversas nunca lhe agradecem e ele também vai deixar de agradecer. Acaba por esquecer o significado da palavra.
Um amigo pede «desculpa». O seu amigo erra mas não acha importante desculpar-se. O outro não volta a pedir desculpa quando comete uma falha.
Uma mulher diz «amo-te». Nunca ouve o seu eco. Extermina a palavra do seu dicionário.
Alguém diz «se faz favor». Não lhe pedem da mesma forma. Deixa de usar a expressão.

Os gestos são como as palavras, e os comportamentos repetem-se...É dar e receber (ou não)!

2 comentários:

Aninha disse...

Simplesmente amei o seu blog. Sou do Brasil, mas amo Portugal. Parabéns por sua alma ser tão doce e gentil !
Aninha
aninha_montemor@hotmail.com

Simplesmente eu... disse...

Ando por aqui e só agora reparei que não tinha dito ainda - Obrigada. Obrigada pelas palavra e será sempre bem vinda a passar por cá :)